Professor Theophilo de Azeredo Santos morre aos 90 anos

13/10/2020
20:00

A direção da Faculdade de Direito da Universidade do Estado do Rio de Janeiro manifesta todo pesar e consternação pelo falecimento do estimado mestre Theophilo de Azeredo Santos, ocorrido na madrugada de segunda-feira (12/10).

Theophilo de Azeredo Santos foi professor de Direito Comercial da UERJ por mais de três décadas, tornando-se uma referência nos temas: arbitragem, títulos de crédito, defesa do consumidor, estado e políticas e falências. Na universidade, em 1965, obteve sua livre-docência. 

Entre os diversos livros escritos pelo advogado e professor estão: A reforma da Lei de Falências e os direitos trabalhistas, Manual do Direito Comercial, A ética na vida empresarial, Novos estudos de Direito Comercial em homenagem a Celso Barbi Filho, Manual de títulos de crédito e Direito da navegação marítima e aérea.

Em sua brilhante carreira, Santos foi ainda professor titular da Universidade Estácio de Sá e presidente da Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), do Comitê Brasileiro da Câmara de Comércio Internacional (ICC) e do Centro Brasileiro de Mediação e Arbitragem (CBMA). 

Por sua trajetória, o mestre foi laureado com a Ordem do Mérito da República Italiana (1985), o Colar do Mérito Judiciário do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro (1994) e a Medalha Comemorativa do Centenário do Presidente Juscelino Kubitschek de Oliveira (2003).

Theophilo de Azeredo Santos nos deixa aos 90 anos, casado com Amelinha, pai de Theophilo, Amelinha e Rodrigo, e cinco netos.