Biblioteca do Direito Uerj

A CCS/C, a biblioteca da Rede Sirius que atende a Faculdade de Direito, conta com aproximadamente 20 mil títulos de livros, 200 vídeos e CDs, e 1.300 teses e dissertações. Os alunos e professores podem fazer pesquisas através de um sistema informatizado de busca e dispõem de sala de leitura, sala multimídia e cabines individuais

Breve Histórico

A Biblioteca da Faculdade de Direito da UERJ foi criada em 1943, no Casarão do Catete, somente oito anos após a fundação da faculdade. No entanto, sua inauguração oficial se deu em 1963, com a doação da coleção particular do eminente jurista e professor Roberto Lyra Filho.

Com a construção do Campus Universitário Francisco Negrão de Lima, no Maracanã, em 1975, a Faculdade de Direito foi transferida para o novo campus. Nesta fase, o acervo da Biblioteca do Direito foi incorporado aos acervos dos cursos de Administração e Ciências Contábeis, formando, assim, a Biblioteca Setorial de Ciências Sociais B (CCS/B), instalada no 8º andar do Pavilhão João Lyra Filho e subordinada ao Sistema de Bibliotecas da UERJ. Em 1995, foi criada a Biblioteca de Ciências Sociais C (CCS/C), instalada no 7º andar do referido Pavilhão, com a finalidade de atender ao corpo docente e discente dos novos cursos de mestrado e doutorado da área jurídica, permanecendo o acervo destinado à graduação na Biblioteca CCS/B.

A reestruturação do Sistema de Bibliotecas, atual Rede Sirius de Bibliotecas da UERJ, possibilitou a união dos acervos jurídicos da graduação e pós-graduação. Em 1999, a biblioteca foi reinaugurada com o nome de Biblioteca Reitor Antônio Celso Alves Pereira (CCS/C), em homenagem ao ilustre professor da casa.